Páginas

domingo, 21 de agosto de 2016

CUMPRE O TEU SONHO, POETA


Resultado de imagen de vende-se poesia
A responsável pelos recursos humanos examinava os currícula das pessoas que procuravam emprego. Para além da documentação entregada, a mulher olhava também para o perfil nas redes sociais dos candidatos. Desde havia vários dias, muitos deles, nos seus perfis, diziam que a sua profissão era poeta. A mulher não pôde evitar sorrir. Decerto tinha um trabalho para todos eles, para aqueles quatro que escreveram que a sua profissão era "poeta".

*  *  *

Os quatro estranhos coincidiram na terminal internacional do aeroporto. Os quatro tinham como destino uma capital latinoamericana. Para os quatro, a agência de emprego procurara o mesmo trabalho. Só durante a viagem foi que os quatro, dois homens e duas mulheres, começaram a falar e a comprovar que a aparente casualidade não era tal. Todos receberam, aliás, uma pasta com documentação onde se lhes explicava que para poderem trabalhar na profissão dos seus sonhos, deviam primeiro fazer um curso prático de formação num país sul-americano

*  *  *

Treze horas mais tarde, os quatro indivíduos aterravam naquele aeroporto andino. Um homem estava à espera deles na saída da zona de viageiros. Sem qualquer explicação, conduziu os quatro estrangeiros para uma ruela do bairro colonial. Amavelmente pediu-lhes para descerem da furgoneta e passarem para a sua sala de aula. Os quatro estranhos ficaram sós na entrada de uma rua cheia de artesanos locais. Mas o primeiro de todos eles era um velhote sem dentes mas com gravata que sorria para eles enquanto acenava para o seu próprio cartaz, no qual dizia: Poemas variados, temas românticos, folclóricos, para crianças, festivos, sonetos, a 2 X 5 dólares.

— Bom dia, amigos. Eu serei o vosso tutor de viver da poesia... — disse-lhes então o velhote com o seu sorriso sem dentes — . Coloquem-se por esta rua e as vizinhas, escrevam um cartaz como este e comecem a viver da poesia... Ah, e não se esqueçam da gravata!


© Frantz Ferentz, 2016

Sem comentários: