Páginas

segunda-feira, 29 de junho de 2015

PERSISTÊNCIA


━ Não vou parar até não te apaixonares por mim ━dixo o homem àquele por quem estava apaixonado desde sempre.

E o outro tentou repetir, como sempre, os gestos do primeiro fielmente, sem cair na tentação de rir às gargalhadas, como sempre, do outro lado do espelho.


Frantz  Ferentz, 2015

Sem comentários: