Páginas

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

PALAVRA DE MULHER

Quando a Ewa Schmidt abriu a plica do poemário ganhador e viu o nome real do autor, E-567_FX, pensou que era uma brincadeira. Mas quando continuou a ler o resto da informação do envelope selado, descobriu com surpresa que se tratava de um computador, um que tinha instalado um programa para criar poesia. Portanto, um computador tinha ganhado um prémio de poesia para mulheres! Como nas bases do prémio só dizia que não podiam participar homens, mas não dizia nada de computadores, a situação era inaudita. Ademais, aqueles poemas eram extraordinários, seria lástima deixá-los perder, principalmente por como descreviam a essência feminina. Por isso, a Ewa perguntou ao resto das mulheres membros do júri:

— E vós que pensais deste computador: é macho ou fêmia?
Frantz Ferentz, 2014

Sem comentários: